segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Algumas coisas...


Vou dizer uma coisa, a internet é sem dúvida algo realmente divino! 
Pra dizer o mínimo... 
Não queria Cristo que todos fossemos irmãos? 
Pois bem, a tecnologia proporcionou isso... 
Hoje nos conhecemos apesar de que, talvez nunca cheguemos a nos encontrar de verdade. Mas se "conversamos" é, provavelmente, porque algum tipo de afinidade nós temos.

Gosto de pessoas que tem estilo. E por estilo eu classifico aqueles que são diretos e francos ao escrever. 
Sou católica, catequista, religiosa... mas não sou beata, nem carola. 

Acredito numas coisinhas simples: primeiro no ser humano e depois em Deus. 
Não deveria ser o contrário? Sim, deveria. 
Mas eu só acredito em Deus porque ainda acredito no ser humano. 
Acredito no amor, na amizade e nessas "baboseiras" todas: liberdade, dignidade, justiça social... 
Acho que a crença em Deus ou em qualquer coisa divina, além do explicável, pode fazer o ser humano chegar lá. Num mundo melhor. 
Isso me faz ser catequista. 
É jargão, eu sei, mas são as crianças que vão mudar o mundo... 

Quanto ao relacionamento das pessoas com a Igreja, isso é com cada um. 
A evangelização não é "obrigação", é conversão
Quanto a mim, a Igreja é o meio que encontrei de fazer alguma coisa... 
Ela me faz bem. Cristo me faz bem. 
Assim como os prazeres da vida fazem bem... mas são fugazes, muito fugazes... e eu nem tenho mais idade pra isso! 
Prefiro o duradouro e aquilo que traz paz.

Ah... às vezes, ainda tenho medo de escrever algumas coisas... Um pouco pelo fato de que eu, ao escrever, tenho ainda aquele bloqueio de criança... que a mãe promete lavar a boca com sabão, caso fale alguma besteira. 

Coisas de menina católica.

O que o mundo precisa...

O que o mundo precisa é de um exército de gente feliz, 
capaz de doar um pouco de si e do que sabe...

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

AGOSTO: MÊS DAS VOCAÇÕES!


E começamos o mês de agosto... que muito longe de ser o "mês do desgosto" ou mês do "cachorro louco", como nos ditos populares; é um mês muito especial para nossa Igreja: é o mês das vocações. Tão necessárias a continuidade da nossa Igreja e da missão de se espalhar a Boa Nova.

AGOSTO – MÊS VOCACIONAL

A missão da Pastoral Vocacional / Serviço de Animação Vocacional (PV/SAV) se exprime em quatro verbos: despertar, discernir, cultivar e acompanhar a vocação cristã e as vocações específicas a serviço da comunidade eclesial.

Durante o "Mês Vocacional" se aprofunda a consciência da responsabilidade de todos, para que ela possa ser vivenciada
com entusiasmo ao longo do ano. Na medida do possível, as comunidades se envolvam na dimensão vocacional. 

Há orientações práticas para iluminar nossos trabalhos:

- Antes, o "Mês Vocacional" era tido como celebração a partir das seguintes referências:
o 1º Domingo: "Dia do Padre";
o 2º Domingo: "Dia dos Pais";
o 3º Domingo: "Dia das Religiosas"; 
o 4º Domingo: "Dia das(os) Catequistas".

Com a indicação da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CMOVC/ CNBB), reelabora-se esta distribuição nos domingos, ampliando a dimensão eclesiológica da vocação. Ficou assim estabelecido:

1º Domingo - 5 de agosto: celebramos a Vocação dos Ministros Ordenados (bispos, padres e diáconos); 
2º Domingo - 12 de agosto: celebramos a Vocação da Vida em Família (em sintonia com a Semana Nacional da Família);
3º Domingo - 19 de agosto: celebramos a Vocação da Vida Consagrada (religiosas, religiosos, leigas e leigos consagrados);  
4º Domingo - 26 de agosto:  celebramos a Vocação dos Ministros Não Ordenados (todos os cristãos leigos e leigas).

Tenhamos um mês de agosto bem animado, dinâmico, forte na oração e nas atitudes vocacionais. Pleno de criatividade e que nos faça corresponder, com força e dignidade, ao chamamento que o Senhor nos dirige.

Brasília, 26 de julho de 2012.

Fonte: CNBB