quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Ver as coisas como se deve...

A pedido de minha querida amiga Vivian, de São Paulo, estou aumentando o tamanho da fonte nas postagens...

Peço desculpas aos meus leitores... de fato eu estava achando a coisa meio pequenininha, mas... achei que era minha miopia... rsrsrsrs...
Doravante teremos mais "visibilidade" por aqui. Prometo!

E por falar nisso, lembrei de uma música do Tihuana que fala exatamente em "ver as coisas como elas são”.E que fala de saudade... que pretendo matar a custa de muito abraço na próxima quinta-feira...

DE LONGE

Ver as coisas como elas são e não ter por onde sair
Ter idéia do que vem, de quantos dias em vão
E não poder nunca desistir
Vejo tudo então...

Na vida eu aprendi que o tempo é sempre quem resolve tudo
O que eu sabia como certo passou, desmoronando as bases do meu mundo

Eu só queria saber por onde caminhar
E não ficar esperando alguém vir me buscar
Sentar em frente ao mar pra lembrar de alguém que há muito não se vê...

Já não sei se é saudade ou o costume de pensar em você
Todo momento bom me traz seu rosto
E é impossível não perceber p que sinto, não...

Eu vou levando, eu vou vivendo, eu vou sorrindo, eu vou chorando, eu vou te vendo
De longe,eu vou te olhando de longe
Só pra saber se vale a pena ficar por aqui ou se eu vou embora
Se eu vou embora... Eu tô indo embora...

Eu só queria saber por onde caminhar
E não ficar esperando alguém vir me buscar
Sentar em frente ao mar pra lembrar de alguém que há muito não se vê... 
Que há muito não se vê...

O que me lembra que Tihuana também canta "Um dia de cada vez..." rsrrsrsrrs...

2 comentários:

  1. Oi Angela querida passei por aqui para conhecer e não me surpreendi, esta lindo, como tudo o que você faz. Parabéns, amei o lírio branco. Beijos

    Andréia

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Andréia! Teu incentivo vale ouro! E o lírio é para uma querida amiga que já não se encontra mais aqui, uma mulher corajosa que lutou até o último suspiro contra o câncer... prometi levar-lhe lírios, não pude... Então deixo-o aqui como símbolo do meu amor por ela...

    ResponderExcluir