terça-feira, 16 de outubro de 2012

Um conto...



Eu amo ler... E meu amor à leitura me faz gostar de escrever também. Dizem que escrevo bem. Não sei se isso é verdade. Penso como Mário Quintana, que dizia que o perigo de ficarmos lendo o que escrevemos é nos tornar por demasiado fãs de si mesmos.

Tive uma professora muito querida na sexta série. O nome dela é Elza Bassani, ela me incentivava a escrever, dizia que eu era um “gênio” de onze anos... rsrrsrsr... Engraçado isso porque eu não me achava nada disso. Tinha vergonha até da minha sombra. Mas penso que os elogios da  Professora Elza me fizeram um grande bem. Minha auto estima foi lá em cima.

Escrevi muito na minha adolescência. Parei na vida adulta porque a “vida adulta” nos cobra acordar um pouco dos sonhos e viver a realidade. E escrever é sonhar. Há alguns anos atrás encontrei um amigo que me incentivou a “por a pena no papel” novamente. Desta vez,  facilitado por um teclado e um monitor e, maravilha das maravilhas, textos  que se corrigem sem borracha e rasura. E voltei a escrever.

Hoje me dedico a escrever pequenos textos, reflexões e impressões sobre a vida, o mundo e a catequese. Mas gosto de contos e histórias românticas. Em 2010, escrevi um conto inspirada numa grande amiga, que vi definhar com o câncer. Ela não chegou a  ler, pois faleceu em março do ano seguinte. E nem eu o mostraria a ela. Pois escrevi pensando no “depois”...

Hoje gostaria de mostrar a ela o quanto a amo e penso nela sempre. E se pudesse a visitaria todas as terças-feiras e regaria com amor as suas rosas vermelhas.

Bom, para quem gostar de ler, acesse esse link. São sete páginas, uma história curta, que escrevi com o coração.

Para Roseli Meneguzzi Calai...



2 comentários:

  1. Oi Angela,
    Sempre que dá passo aqui, e acho que vc escreve muitissimo bem...seus textos são inteligentes e muitas vezes percebo seu coração nas palavras. Acho até que poderia escrever um livro, imagino que deve ter muitos enredos ai na sua cabecinha!

    Abraço Fraterno!!
    Com Carinho,
    Sueli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sueli pelo "muitissomo bem"... rsrrsrs...
      Não sei se é muitissimo mesmo... mas você está certa numa coisa, escrevo com o coração e isto ajuda...
      Quanto a ter muitos enredos, ah isso eu tenho... não só an cabeça como escritos já... Falta é coragem par aorganizar isso e transformar num livro... rsrsrsr

      Excluir