sábado, 1 de outubro de 2011

É de declarações de amor que se vive a vida...

Nem sou lá muito fã de samba e pagode... mas quem resiste a um desafinado:

"Tá vendo aquela lua que brilha lá no céu? Se você me pedir, eu vou buscar só pra te dar. Se bem que o brilho dela nem se compara ao seu..."

Assim, cantado em seu ouvido...


Ah... o amor...





Nenhum comentário:

Postar um comentário