quarta-feira, 27 de junho de 2012

A MELHOR RELIGIÃO...

Um comentário que recebi na minha postagem sobre "A melhor religião" publicada em  20 de março de 2012 :


Dizer que a "melhor religião é aquela que te faz melhor" é puro e verdadeiro relativismo religioso e anti-católico que a Igreja vem enfrentando. Significa que se eu for da religião do candomblé por exemplo, mas se isso me faz melhor, então devo permanecer nela? Será que Nosso Senhor Jesus Cristo morreu numa cruz e fundou a Sua Igreja à toa? (Mt, 16, 18). Penso que um católico não pode pensar desta maneira, muito menos propagar este tipo de texto, pois é contrário à doutrina da Igreja.

Ao querido Carlos, a minha resposta: 

Pois é meu caro amigo Carlos, ainda bem que não estamos nos tempos da inquisição, senão, com certeza eu seria excomungada... 

Para mim a Igreja Católica se firma em 3 pilares: tradição, doutrina e Palavra. E a mais importante e que a mantém firme é a Palavra, que, infelizmente alguns interpretam da maneira como querem e tentam "grudá-la" na Doutrina (que também é usada como desculpa para intolerância), nem que seja a força... 

Tenho certeza absoluta que em nenhuma de suas pregações, Jesus disse que deveríamos ser intolerantes para com o outro... Aliás ele nos pediu "conversão", missionaridade... "Ide por todo mundo, pregai o Evangelho a toda criatura" (Mc 15, 16). Que caminho temos feito, nós cristãos católicos, desde o tempo da escravidão até agora, que não conseguiu acabar com o sincretismo religioso e com os terreiros de candomblé?

O candomblé só existe no Brasil porque foi trazido do continente africano pelos escravos. Escravos que eram dominados em sua maioria esmagadora, por "católicos" portugueses e espanhóis. Por que os católicos não converteram este povo ao cristianismo? Por que o candomble continuou existindo como religião? Provavelmente porque a nossa "Doutrina" não combinava com a escravidão. Aliás seria interessante pregar o amor de Jesus a um escravo amarrado no pelourinho apanhando de um senhor com uma cruz no peito...

E olha, a religião que me faz MELHOR, que me faz mais compassiva, mais sensível, mais desapegada, mais amorosa, mais humanitária, mais responsável... é a Religião Católica. Sinto que ela não tenha o mesmo efeito em você. Mas sinta-se a vontade para pensar e propagar os textos que quiser.

Consigo, com o amor que tenho a Jesus, amar e compreender todas as pessoas, mesmo que elas sejam contrárias a Doutrina da Igreja Católica ou ao que acredito que seja correto. E não se trata de "relativismo religioso". Não sou contra a Doutrina e os Dogmas da nossa Igreja, se o fosse, não estaria nela. Penso que somos filhos do tempo e estamos contruindo nossa história, tal e qual nossos antepassados.

E lembremos sempre: Jesus fundou uma Igreja, estabeleceu muitas leis de fé e de amor, mas não escreveu uma linha de doutrina. 

Angela Rocha

2 comentários:

  1. Olha não sou catequista pelo contrario sou catequizanda , mais uma coisa que minha professora de história disse é que ... "A melhor religião , é aquela que te leva a Deus" ... isso é algo importante .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei de ver! Sua professora de História sabe das coisas!

      Excluir