quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Uma Pessoa Especial: CLÁUDIA PINHEIRO!

Posso dizer, com certeza, que fiz amizades muito preciosas aqui na internet. Principalmente quando se trata da catequese, que é uma missão que partilho com muita gente boa aqui no mundo virtual.

E um dos meus projetos no Blog Catequese e Bíblia da CNBB era mostrar o trabalho maravilhoso que alguns catequistas fazem usando esta ferramenta maravilhosa de comunicação. Infelizmente não tive tempo, antes que a comissão me dispensasse, de postar uma entrevista que fiz com uma pessoa absolutamente especial que é:

Claudia Pinheiro, do blog Catequesena Net

Ela é uma pessoa que não se cansa nunca de ser “gente boa”... rsrsrrs... Além do blog dela ser muito bom, ela ainda promove a união de vários catequistas blogueiros naquilo que chamamos de CatequistasUnidos. Sem contar que a Cláudia, Dinha pra mim, tem um experiência de vida e um testemunho dos mais tocantes quando se fala de Igreja e de pessoas que, apesar de tudo e de todos, não desistem nunca.

E a Claudia se tornou minha companheira num projeto que tenho muito carinho: a formação de catequistas via web. Nem imagino como ela me agüenta!

Mas vamos lá! Vamos à entrevista com a Cláudia:

CA (Catequista Amadora): Cláudia, como foi que você teve a idéia de montar um blog?E mais ainda, como foi que decidiu “unir” os catequistas blogueiros?

Cláudia: Na época dos planejamentos e organização das catequistas aqui na Paróquia eu decidi que em 20101, não “pegaria” uma turminha, me justifiquei dizendo que eu ajudaria criando atividades com temas dentro dos nossos planejamentos para ajudar as outras catequistas que sentem dificuldades (informática) para criarem suas próprias atividades.  Assim nasceu a idéia do blog para compartilhar as atividades, inicialmente com a minha própria paróquia. Mas com certeza esse já era um plano de Deus para a minha vida.  Minha primeira postagem foi no dia 13 de fevereiro de 2011 e já no dia 14 comecei a receber visitas e comentários de muitos lugares do Brasil e do Exterior também. Hoje o blog tem 283 seguidores e já contabiliza quase 270 mil visitas. A rápida quantidade de visitas diárias, além de me deixar muito contente, em um segundo momento me fez ter certeza de que Jesus estava usando meu blog... mas como???  E essa inquietação não me deixou sossegar até que no dia 03 de junho, quando visitei um blog de catequese, deixei um comentário e o catequista ficou tão contente com a minha visita, que quase me senti importante... rsrs. Então, imediatamente pensei na quantidade de visitas que recebia e senti o desejo de compartilhar essas visitas com os outros blogs dedicados à catequese em geral. Pensei que seria uma maneira de agradecer a Deus e de demonstrarmos união.  O objetivo do blog é atingir o maior número de pessoas sim, mas não por dinheiro e sim para divulgarmos Jesus.  E se tivermos vários blogs unidos com o mesmo objetivo o resultado será mais positivo.

CA (Catequista Amadora): E qual é a importância, para você, de um blog de catequistas?

Cláudia: Vejo o mundo virtual como o nosso mundo real, onde precisamos proclamar a Boa Nova.  Existe o lado bom e o lado ruim e a cada blog de catequista que surge, aumenta o lado bom... Aumentam as chances de pescarmos almas para Jesus.

CA (Catequista Amadora): Acha válido a publicação de roteiros e conteúdos apesar de sabermos como é importante que cada comunidade e grupo de catequistas façam seus planejamentos de encontros?

Cláudia: Acho muito importante a divulgação de todo o material que foi criado para a formação cristã.  Não tem sentido retermos material, como se fosse nosso.  Se sempre pedimos a Deus para que nos use, nos inspire, com certeza devemos publicar sim.

CA (Catequista Amadora): E como fica o planejamento em cada paróquia?

Cláudia:Penso que os planejamentos ficam a cargo de poucos ou até de apenas uma pessoa.  Isso não é o ideal.  Imagine a riqueza de um planejamento onde diversas catequistas levarão idéias de roteiros e experiências que funcionaram em outras paróquias?

CA (Catequista Amadora): Por que, em sua opinião, tantos catequistas buscam roteiros na internet?

Cláudia: Acho que é para fugir da mesmice. Procuramos roteiros na internet para enriquecermos o nosso próprio planejamento.

CA (Catequista Amadora): Quais são os maiores problemas para a criação de roteiros? Falta de formação, encontro de planejamento, itinerário?

Cláudia: Falta muita formação. Aqui todas as catequistas concordam com essa afirmação.  Não basta apenas ter boa vontade, precisamos de tempo também para que Deus nos capacite.  Criar esse tempo é essencial!

CA (Catequista Amadora): Imagino que seja por isso que entrou nessa de Formação via web... rsrrsr.

Cláudia: Eu amo novidades e desafios!!! E se ainda de quebra posso aprender ajudando na formação de outros catequistas, é maravilhoso! Não poderia ficar de fora!  Espero ainda atingirmos muitas pessoas!

CA (Catequista Amadora): Fale agora de você pra gente (Nossa! Essa deveria ter sido a primeira pergunta... rsrs), suas experiências e expectativas...

Cláudia: Além de tudo, eu tenho o desejo de conseguir unir e divulgar muitos mais Catequistas Unidos.
E quem sou eu?  Que coisa mais difícil achar as palavras para começar. Sou uma mulher que nasceu em 1968.  Fui batizada e criada na igreja católica no Rio de Janeiro, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Marechal Hermes. Herdei a fé de meus pais, graças a Deus!  Meus pais nunca se envolveram em pastorais, cursos na Igreja, mas sempre ajudavam as pessoas que podiam. Exemplos sempre falam mais do que as palavras e isso eu e meu irmão (mais velho que eu, quatro anos) sempre tivemos.
Os anos passaram e assim que entrei na fase adulta, comecei a trabalhar, afastei-me da Igreja, conheci um rapaz e me casei.  Tive um casal de filhos:  A Giulia e o Giovanne. Lindos!!!
Fiquei casada durante sete anos. Quando meu caçula ia completar dois aninhos a separação foi inevitável e como conseqüência veio o divórcio.  Morei uns anos sozinha com meus filhotes no bairro Sulacap/RJ.  Depois conheci o Marco, homem bom que sempre me valoriza e me ajuda.  Eu o amo muito e agradeço a Deus por ter ele na minha vida.  Passei então a fazer parte de um “casal de segunda união”. 
No ano de 2006, sentindo um chamado de Deus, larguei tudo no Rio e me mudei para o interior.  Aqui em Bom Jesus do Itabapoana/RJ, aconteceu minha conversão. Apaixonei pelo Deus que sempre amei. Comecei a me envolver nas atividades paroquiais, fui convidada pelo Pároco a ser coordenadora da Pastoral da Misericórdia (Casais da Segunda União)  e  também fui convidada a ser catequista.  E hoje, ser catequista é tudo para mim. É a misericórdia de Deus na minha vida.
Ser divorciada é uma ferida aberta na alma. Ser um casal de “Segunda União”, não é fácil. Mas um dia um padre falou que devemos ser “ramos verdes dentro da Igreja”, pois Deus, em primeiro lugar, veio salvar a todos, Ele nos quer salvos. Os casais de segunda união podem e devem estar inseridos e participantes na Igreja. Alguns podem pensar que é um contra-testemunho eu preparar crianças para receber a Eucaristia se eu mesma não comungar.
Não comungo? Comungo sim! Não comungo sacramentalmente, indo lá na fila e recebendo Jesus das mãos do Padre ou dos Ministros da Eucaristia. Comungo fazendo minha Comunhão Espiritual, clamando a Jesus que venha ao meu coração, que me inunde e que transborde de meu coração a todos que encontrarem comigo e em tudo que eu faço. E querem saber? É uma coisa linda. É uma experiência tão rica, mas tão rica, que eu sempre peço a Jesus que vá também aos corações de todos que O estão recebendo sacramentalmente.
E é esse sentimento e ensinamento que passo para as crianças que Jesus me confia.  Passo para elas a experiência maravilhosa  e inexplicável que é receber Jesus, deixar que Ele “se misture” a você! É isso, estes são meus 43 anos bem vividos! Agora que me conhecem, espero continuar contando com sua amizade e oração!
E Ângela, minha querida catequista que, de amadora não tem nada, agradeço a Deus pelo dom da sua vida, pela alegria de conceder uma entrevista...rs. E que Deus abençoe e frutifique cada vez mais nossos ministérios.

Paz de Cristo!
Cláudia Pinheiro


Confiram sempre o Blog da Cláudia e os blogs dos Catequistas Unidos!

6 comentários:

  1. Linda entrevista, parabéns Cláudia pela transparencia e que Deus a abençoe muito em sua caminhada.

    Obrigado Angela por esta bela entrevista.

    Abraço Fraterno!!

    Sueli

    ResponderExcluir
  2. Muito bela as palavras da Cláudia, muito bela a história de vida dela. Que Jesus continue sempre presente em seu caminho.

    ResponderExcluir
  3. Hei, Anjinha! Me pegou de surpresa, e ó meu coração é fraco....rs Esqueci de dizer isso...rs
    Brincadeiras a parte é uma honra muito grande para mim.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. gostei muito,palavras que brotam do coração,parabéns a vocês por nos dar esta alegria de ver como Jesus é 10.beijos Rosane

    ResponderExcluir
  5. Bela entrevista! É maravilhoso fazer parte de um grupo que teve como idealizadora, uma pessoa tão apaixonada por Deus. Que essa alegria transborde a cada dia e inunde os corações de todos que fazem parte dessa grande família de Catequistas Unidos. A paz do Senhor Jesus esteja com todos!!!

    ResponderExcluir